Primeiro Dia Mundial da Língua Portuguesa

dossiês especiais, Noticias

A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) oficializou  esta efeméride mundial, mas desde 2009 que, em 05 de maio, era comemorado o Dia da Língua e da Cultura Portuguesa, instituído pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Mas é este ano que comemoramos o primeiro Dia Mundial da Língua Portuguesa. Da língua partilhada por todas as pessoas que conhecem e sentem a palavra saudade. Da língua das viagens vividas ou (apenas) sonhadas por 260 milhões de pessoas que vivem em nove países e quatro continentes.

Infelizmente a pandemia da COVID-19 veio obrigar os falantes da Língua de Camões ao confinamento social. Assim, a ‘festa’ deste primeiro Dia Mundial da Língua Portuguesa não corresponderá ao que foi planeado. Mas acontecerá!

A festa inicia ao meio-dia, hora de Portugal, com um concerto no YouTube do Camões I.P., que reúne vozes de muitos países que falam português, personalidades lusófonas incluindo escritores, músicos, cineastas ou cientistas.

Entre eles contam-se os escritores Mia Couto (Moçambique), Germano Almeida (Cabo Verde) ou Manuel Alegre (Portugal) e os cantores Adriana Calcanhoto (Brasil), Dino Santiago (Portugal/Cabo Verde) ou Carminho (Portugal).

Participam também o futebolista Pedro Pauleta, o canoísta Fernando Pimenta (Portugal), o cineasta Flora Gomes (Guiné-Bissau), a cientista Maria Manuel Mota, o teólogo e cardeal José Tolentino de Mendonça (Portugal) ou o político timorense José Ramos-Horta, entre outros.

A efeméride contará ainda com um espaço de concerto com os músicos do Aline Frazão (Angola), Ivan Lins (Brasil), Teófilo Chantre (Cabo Verde), Manecas Costa (Guiné-Bissau), Stewart Sukuma (Moçambique), João Gil (Portugal), Tonecas Prazeres (São Tomé e Príncipe) e Zé Camarada (Timor-Leste).

Vamos assistir e promover a nossa “Pátria que é a Língua Portuguesa”. Estamos juntos!

Deixe uma resposta