Descaso com passageiros de ônibus

Membros, Noticias

Quem viaja de ônibus no Brasil recebe pouquíssimas informações ao comprar a passagem. Quantidade de paradas, trajetos e condição do veículo acabam surpreendendo, normalmente negativamente, o consumidor. Não é raro vermos ônibus quebrados na estrada.

Até mesmo a duração da viagem pode ser muito diferente do que está descrito nos sites das empresas. E nem sempre por causa do trânsito, como alegam.

Uma conhecida minha viaja há mais de 30 anos para o mesmo destino. A viagem varia de 12 a 14 horas. Nesse mês, durou 17 horas, porque o itinerário foi alterado, mas não havia nenhuma informação sobre isso na passagem.

Isso é uma afronta a um direito básico do consumidor: o da informação. Esse tipo de experiência pode estragar momentos que deveriam ser de descontração. A ANTT, Agência Reguladora do Transporte Terrestre, deve exercer o seu papel e fiscalizar para que esse tipo de situação não ocorra.

Caso você tenha uma reclamação referente ao serviço de ônibus de viagem, ligue no número 166 ou recorra ao site www.consumidor.gov.br

in Medium.com

Maria Inês Dolci

10.01.2019

 

 

Deixe uma resposta