Influência do FMI volta a aumentar em África

Noticias

Programas no continente atingiram cerca de seis mil milhões de euros até final de 2017 – quatro vezes mais que em 2014.

Angola e Moçambique estão entre os financiados. Para economista, commodities são “eterno” problema.

Leia o artigo completo aqui. 

Deixe uma resposta