Principal correspondência em Angola é com Portugal, China e Singapura dominam as compras online

Noticias

Correspondência de e para território português representa 60% do volume, enquanto o mercado asiático é o preferido pelos internautas, indicou a empresa de correios angolana.

Questionado sobre o volume e o tipo de reclamações que a instituição Correios de Angola recebe por parte dos clientes, Joaquim Madrugas reconheceu o maior número de queixas da parte dos angolanos refere-se aos atrasos na distribuição.

“Nós temos um volume de reclamações por mês, mas estas reclamações normalmente temos suprido porque acontece mais com mercadorias, que ficam em estanques no ponto de trânsito, em que leva algum tempo para ser despachado cá”, explicou.

In Euronews, 29.01.2018
Leia o artigo completo aqui. 

Deixe uma resposta