Celebramos o Dia Mundial da Água: sem ela não há vida!

dossiês especiais

Diariamente, se uma família de 3 pessoas adotar comportamentos mais responsáveis e sustentáveis poderá poupar, num ano, água suficiente para encher 60.000 garrafões de 5 litros ou uma piscina (4m x 7m x 1,5m).

Se as famílias tiverem maiores cuidados na forma como utilizam a água, o tratamento destas águas residuais torna-se mais simples e a água retornará à rede em melhores condições.

Para além disso, existe água que é desperdiçada mesmo antes de chegar às nossas casas! Por exemplo: entupimentos na rede provocados pelo lixo que os consumidores colocam nos canos. É, igualmente, importante refletir sobre a água que frequentemente não vemos ou da qual temos menos consciência, mas que é utilizada na produção e consumo dos bens e serviços que adquirimos. A Água Virtual corresponde a 15% da água consumida em todo o mundo.

Será que as nossas escolhas poderão ter um impacte significativo na redução do desperdício de água?

A água está no centro do desenvolvimento sustentável e diz respeito à promessa central do Objetivo 6 da Agenda 2030 para o Desenvolvimento, que defende o acesso universal e equitativo à água potável e ao saneamento até essa data.

Quem está a ser deixado para trás?

Milhões de pessoas vivem sem este recurso essencial – quer em casa, na escola, no local de trabalho, em terrenos agrícolas ou em fábricas – e lutam para sobreviver e prosperar dia após dia. Estes cidadãos estão a ser deixados para trás! O ODS 6 está longo de se concretizar.

Para fazer face ao desafio do ODS, é necessário melhorar a gestão dos recursos hídricos e fornecer a todos acesso a água potável e saneamento, em condições de segurança e alcançáveis financeiramente. Estas ações são essenciais para erradicar a pobreza e garantir que “ninguém seja deixado para trás” no caminho rumo ao desenvolvimento sustentável.

Deixe uma resposta