Projeto Direitos dos Consumidores Migrantes esclarece acerca dos serviços públicos essenciais

Projecto Direitos Consumidores Migrantes

Tem lugar amanhã, dia 30, o 7º workshop do projecto “Direitos dos Consumidores Migrantes” com as formadoras da DECO Tânia Neves e Helena Guerra. Terminamos assim a formação sobre os serviços públicos essenciais, esta quarta-feira sobre água e energia. Este workshop é o 7º de 10 sessões de formação à distância subordinadas a temas de interesse relevante para as organizações que trabalham com as comunidades migrantes em Portugal.

Estes workshops têm periodicidade semanal, com a duração de 3 horas, coordenados pela equipa de formação da DECO. As sessões de formação iniciaram a 19 de Maio e prolongam-se até 22 de Setembro (consulte o horário dos workshops). Nas sessões de formação têm sido debatidos temas do quotidiano de todos os consumidores, desde alimentação à contratação dos serviços públicos essenciais, passando pela habitação, procurando sempre a CONSUMARE capacitar as equipas das associações parceiras na área dos direitos dos consumidores migrantespromovendo o apoio e informação dos seus membros associados e comunidade, salvaguardando a sua inclusão e uma cidadania ativa e participativa no país de acolhimento, Portugal.

Os Direitos dos Consumidores Migrantes é um projecto da CONSUMARE, com o apoio do Fundo do Consumidor, destinado a dirigentes e colaboradores de associações de migrantes de Países de Língua Oficial Portuguesa e outras em trabalho de proximidade com essas comunidades migrantes em Portugal. O projecto contempla 3 ações principais: ciclo de workshops; produção e edição de Guia dos Direitos do Consumidor Migrante; Ação de informação (Ação Ongoing) a executar pelos parceiros para as suas comunidades.

Ficou interessados nos workshops e neste projecto? Contacte-nos. Juntos somos mais fortes.

Deixe uma resposta