ONU: Há 45 milhões de pessoas ameaçadas de fome na África Austral

Noticias

Um número recorde de 45 milhões de pessoas sofrem a ameaça de fome nos países da África Austral devido à seca, às inundações e às dificuldades económicas nos respetivos países, alertou a Organização das Nações Unidas.

“A atual crise de fome atinge dimensões nunca vistas e as nossas observações no terreno mostram que vai ainda piorar”, advertiu num comunicado a responsável regional do Programa Alimentar Mundial (PAM), Lola Castro.

A ponta sul continente africano sofre desde há cinco anos de um importante défice de chuvas, agravado pela repetição de episódios de anomalia climática, conhecidos por El Niño, que afetam gravemente as colheitas agrícolas de dezasseis países, na sua maior parte muito pobres.

O aquecimento global das temperaturas tem vindo a provocar na região tempestades ou ciclones cada vez mais violentos.

No ano passado, o ciclone Idai causou inundações catastróficas em Moçambique, Zimbabué e Maláui, deixando atrás de si um rasto de um milhar de mortos e vários milhões de sinistrados e estragos consideráveis.

in Notícias ao minuto

16.01.2020

Leia o artigo completo aqui. 

Deixe uma resposta