Ciclo de workshops Os Direitos dos Consumidores Migrantes estreia dia 19 de maio

Projecto Direitos Consumidores Migrantes

O Projecto Os Direitos dos Consumidores Migrantes, promovido pela CONSUMARE, com o apoio do Fundo do Consumidor, inicia a sua 1ª fase: formação à distância dirigida a organizações nacionais, parceiras nesta acção, que trabalham em prol das comunidades migrantes de língua portuguesa e associações membro da CONSUMARE.

Projecto-Os-Direitos-Consumidores-Migrantes

Esta formação será orientada por formadores da DECO e tem os seguintes objetivos:

1 – Promover a aquisição de conhecimentos e aprofundamento de competências sobre os direitos do consumidor por parte dos migrantes e comunidades de países de língua oficial portuguesa, bem como das organizações que os representam ou que com eles trabalham;
2 – Apoiar o trabalho das associações de apoio aos migrantes em Portugal, enquanto agentes multiplicadores da informação sobre os direitos do consumidor, com a disponibilização de formação e recursos informativos;
3 – Facilitar a integração e inclusão dos migrantes na sociedade portuguesa, com informação e conhecimento que mitiguem o seu estatuto de consumidor vulnerável.

Os workshops digitais, a realizar semanalmente – de 19 de Maio a 30 de Junho e de 8 a 22 de Setembro – focar-se-ão em temas de interesse relevante para os consumidores migrantes, que nos foram comunicados pelos nossos parceiros de projecto através do preenchimento de um diagnóstico de necessidades. Destacam-se grandes temas como direitos dos consumidores migrantes, princípios de uma alimentação saudável e sustentável, contas bancárias e serviços financeiros, contratos abusivos e vendas agressivas, garantias e reparação de bens, serviços públicos essenciais, regras para o arrendamento de casas, direito à saúde e resolução de conflitos.

Acreditamos que a formação promovida pelo Projecto Os Direitos dos Consumidores Migrantes proporcionará a aprendizagem colaborativa e a criação no grupo de parceiros de um sentido de interajuda e partilha.

Estamos Juntos!

Deixe uma resposta